quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Sem Rótulos


Estava assistindo pela milésima vez o filme Highlander que conta a história de um homem chamado Connor Macleod que pertence a um clã de guerreiros imortais que passam o tempo todo lutando contra outros clãs de guerreiros imortais, pois apenas um imortal deve sobreviver.

E num rápido momento fiz uma associação conosco cristãos e a necessidade de pertencer a um clã, seja o clã dos pentecostais, o dos reformados, o dos neo pentecostais, o dos G ou M12, e assim por diante. E se pode piorar, com a mesma fissura de querer arrancar a cabeça (autoridade) do outro clã. Como dizem a vida imita a arte...

E com isso deixamos de cumprir o que de fato deveríamos que é ser exemplo de unidade para um mundo individualista, dividido e perdido (Jo 17:21). Por falar em ser exemplo, lembro-me da recomendação feita por Paulo à igreja de Corinto que segundo a bíblia foi uma igreja cheia de dons espirituais, porém não sabia o que era viver a vida de Cristo, a ponto de haver o clã de Paulo, o clã de Apolo, o clã de Cefas e o de Cristo, nada diferente de hoje cada um buscando ter um rótulo.

Será que é difícil não fazer parte de nenhum clã humano, sem ter ninguém te perguntando o que você é, se reformado, pentecostal ou neo pentecostal?? Será que é impossível apenas fazermos parte da igreja de Cristo sem ter a necessidade de ter rótulos e sem cabeças para decepar, aliás, somos todos de uma só família, a de Deus. Ah, e o cabeça é Cristo.

“Pois todos vós sois filhos de Deus mediante a fé em Cristo Jesus; porque todos quantos fostes batizados em Cristo de Cristo vos revestistes.” Gl 3:26-29

Um comentário:

Faculdade Teológica disse...

Que Deus continue abençoando seu trabalho e nos edificando com seus post parabens pela iniciativa Fica Na Paz!!!!
Abs!

Faculdade de Teologia das Assembléias de Deus de São Paulo